Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

11
Jul21

Bolo de Amêndoa e Chantilly, o bolo da minha mãe

da Cozinha da Sofia

Hoje é o dia de aniversário do ser que me deu a vida. E continua a dar. Todos os dias. Exemplo de força, persistencia, fé. Somando a tudo isso o Amor. Um amor incondicional que tento retribuir o melhor que sei. A minha mãe. Única. Está sempre lá. Chatinha qb como só ela sabe ser :) Sempre atenta. Sempre preocupada. Sempre presente.

Quando vamos a uma pastelaria e este bolo lá está... vem uma fatia. Há uns anos decidi fazê-lo. Lembro-me de passar um bom tempo online à procura de uma receita cuja imagem se assemelhasse ao das pastelarias... e descobri esta! Não me recordo de onde veio mas experimentei e é igual. Bom, talvez não. Este é melhor! Tem um ingrediente secreto: amor.

Porque este bolo é o favorito da minha mãe! :)

O que precisamos?

- 8 ovos
- 8 c. sopa de açúcar
- 200g de miolo de amendoa ralado (pico amendoas com pele até virar farinha grosseira - com textura)
- 2 c. sopa de farinha p/ bolos (uso com fermento)
- Vinho do Porto qb (facultativo)
- 1 pacote de natas (uso Agros ou Gresso) + Chocolate para raspar (usei de culinária)

20210710_161245.jpgComo fazer?

1 - Bater as gemas com o açúcar até triplicarem de volume e as claras em castelo.
2 - Peneira-se a farinha e junta-se ao miolo de amêndoa ralado.
3 - Juntam-se, alternadamente em movimentos leves, as claras batidas e a amêndoa onde foi incorporada a farinha.
4 - Põe-se o preparado numa forma (26 cm) untada e polvilhada com farinha e leva-se ao forno pré-aquecido (180º) até cozer.
5 - Depois de frio, cortar em duas metades e pincelar a inferior com um pouco de Vinho do Porto.
6 - Bater as natas em chantilly bem firme. Rechear e e cobrir o bolo. Decorar com raspas de chocolate qb - colocar uma tablete no frigorifico uns minutos, depois passar uma faca pelo comprimento do chocolate fazendo lascas ou rolinhos. A quantidade é a gosto. Colocar o bolo no frio até servir. 

20210711_180707.jpg

01
Mai21

Bolo de Limão

da Cozinha da Sofia

Adoro sabores fortes e intensos. Sou assumidamente uma apaixonada por sabores cítricos. Este bolo de limão do Marco Costa é muito simples de fazer, aguenta bastante bem se feito na véspera para consumo porterior e tem um sabor incrível. É muito provavel que se torno n´O bolo de limão cá de casa 

O que precisamos?

Para o bolo

- 2 limões

- 4 ovos

- 200g de manteiga

- 225g açúcar

- 1 pitada de sal

- 220g de farinha c/ fermento

- 2 c.chá de fermento

Para a cobertura:

- 2 limões + 250g de açúcar em pó (fiz metade desta cobertura e chegou perfeitamente)

20210501_102359.jpgComo fazer?

1. Untar e polvilhar com farinha uma forma de bolo inglês. Derreter a manteiga. Reservar.

2. Numa tigela colocar o açúcar e a raspa de limão. Com os dedos ou com as costas da colher de pau, "esfregar" o açúcar com a raspa para que se libertem os óleos e o aroma seja mais intenso.

3. Adicionar os ovos um a um, batendo muito bem com a batedeira até obter um creme branco e volumoso. Juntar a pitada de sal.

4. Suavemente, envolva a farinha e o fermento.

5. Por último, adicionar o sumo de limão e a manteiga, garantindo que fica bem misturado.

6. Verter na forma de bolo inglês e levar ao forno, sensivelmente 30 a 40min a 180ºC.

7. Para a cobertura, raspar os limões. Retirar o sumo.

8. Ao sumo misturar o açúcar em pó até obter uma pasta branca (sem grumos!).

9. Ao retirar o bolo do forno, desenformar e espalhar o glacé por cima do bolo ainda quente, deixando-o cair naturalmente. Polvilhar com as raspas de limão.

10. Di-vi-nal 

20210501_102143.jpg

04
Abr21

Ninho de Páscoa fingido

da Cozinha da Sofia

Antes de mais, Boa Páscoa a todos!

À última da hora resolvi fazer este ninho, uma versão simples e rápida que nos permite ter a tradição à mesa com aquilo que temos disponível. No fundo qualquer bolo com uma decoração alusiva servirá o propósito pascal: partilha, união.

Este bolo de citrinos com sementes de papoila é uma adaptação de uma receita do Côco e Baunilha.

IMG_20210404_232217_755.jpgO que é preciso?

- 200g de manteiga

- 300g de açúcar branco

- 4 ovos

- raspas de: 2 laranjas, 2 limões, 2 limas

- 1 c.chá de pasta de baunilha

- 350g de farinha

- 2 c.sopa de sementes de papoila

- 1 pitada de sal

- 2 c.chá de fermento

- 250ml leite meio gordo + 1 c.sopa de sumo de limão

IMG_20210404_232217_743.jpgComo fazer?

1. Preparar o buttermilk: juntar o leite com o sumo de limão e deixar talhar. Demora sensivelmente 10 a 15min.

2. Ao açúcar, adicionar as raspas e friccionar para libertar os óleos. Juntar baunilha e a manteiga, à temperatura ambiente, e bater até ficar cremosa e esbranquiçada.

3. Juntar um ovo de cada vez, mexendo bem entre cada adição.

4. À parte juntar a farinha peneirada (este passo incorpora mais ar, libertando grumos, e tornando a massa mais fofa) com o fermento e as sementes de papoila.

5. Em 3 adições, alternadamente, juntar a farinha e o buttermilk ao preparado de manteiga.

6. Colocar numa forma untada e enfarinhada - usei uma própria de ninho mas pode ser qualquer outra de buraco. Levar ao forno 30 a 45min.

7. Depois do bolo frio, derreter 100g de chocolate e espalhar apenas na concavidade. Por cima, colocar raspas dos mesmos citrinos. Para as laterais, a fingir os fios de ovos, colocar raspas grandes de laranja. Polvilhar com açúcar em pó e amendoas.

Nota importantesempre que se opte pelo uso de flores naturais, o caule, que entra em contacto com o bolo, deve ser sempre envolvido em película aderente ou folha de alumínio. Não se pretende que haja qualquer contacto de seiva com os alimentos. A ideia é decorar sem ser nocivo à saúde!IMG_20210404_232217_849.jpg

 

02
Abr21

Ninho de Páscoa

da Cozinha da Sofia

Um ninho de Páscoa que foi uma estreia. Nunca tinha feito nenhum. Fiz numa forma de buraco normal. Assim como nunca tinha tentado os fios de ovos. Foi dia de experiências!20210402_203311.jpg

Para o bolo a ideia era ser bolo de cenoura, maaaasss eis que já não tinha cenouras suficientes, por isso usei como base esta receita de bolo esponja: https://dacozinhadasofia.blogs.sapo.pt/bolo-esponja-a-versao-ca-de-casa-16352?tc=67393432388

Para a cobertura derreti em banho-maria uma tablete de chocolate 70% com uma c.sopa de manteiga. Barrei o bolo depois de frio.

Os fios de ovos fiz a olho e totalmente "à experiência". Não queria algo demasiado doce nem com mil gemas, apenas um pouco para testar e decorar. Para isso bati 4 ovos, passando-os de seguida por um passador de rede (este passo é importante para filtrar a película da gema). À parte, levei 1 cháv. de água a ferver com 1/2 cháv. de açúcar até atingir o ponto de fio. Nesse momento, e como não tenho o funil próprio, coloquei as gemas num copo com bico e comecei a verter sobre o tacho, em circulo e muito de-va-ga-ri-nho de forma a que caia em fio muito fininho. Assim que as gemas tocam na água cozem logo. Retirei com a escumadeira e deixei a escorrer no passador de rede. Depois de frios e bem escorridos coloquei sobre o bolo. 20210402_203036.jpg

15
Mar21

Bolo de um ovo só

da Cozinha da Sofia

Também conhecido como o Bolo da Família. Uma excelente opção quando se tem poucos ovos e se pretende um bolinho simples, fofinho e muito prático de se fazer.

20210315_230110.jpgO que é preciso?

- 1 ovo

- 250g de açúcar

- 1 cháv. de chá (240ml) de leite (usei meio gordo)

- 1 c.sopa manteiga derretida (usei vaqueiro líquida)

- 250g de farinha + 1 c.chá bem cheia de fermento

- opcional: raspa de limão (usei de laranja + 1 c.sopa de licor de laranja)

20210315_225935.jpgComo fazer?

1. Com a batedeira bater o ovo até espumar. Juntar o açúcar e continuar a bater até obter um creme fofo.

2. Se optar por adicionar aromas - raspas e/ou licor - faça-o nesta fase.

3. Juntar o leite em fio e bater mais um pouco em velocidade mais reduzida. Juntar a manteiga derretida e bater até encorporar muito bem.

4. Adicione a farinha e o fermento peneirados e, com a vara de arames, envolva bem durante 15 min.

5. Colocar a massa numa forma untada e enfarinhada e levar ao forno pré-aquecido a 170° durante 30 a 40min. É uma massa leve, convém vigiar com o palito.

6. Desenformar e deixar arrefecer sobre uma grande.

7. Ainda morno, piquei o topo do bolo com um palito, pincelei com leite quente adoçado (3 a 4 c.sopa com 1/2 c.sopa de açúcar) e polvilhei com côco ralado - mas isso é totalmente opcional.

8. Saborear com um chá ou um bom copo de leite quente morno 😊

14
Fev21

Bolo Esponja - a versão cá de casa

da Cozinha da Sofia

Há uns anos atrás precisei de uma receita para um bolo maior que servisse várias pessoas num aniversário. Tenho uma que adoro e hei-de partilhar aqui, mas procurava algo que rendesse maior quantidade e fosse mais prática. Tropecei nesta do  Mãos de Manteiga e adoptei-a! Já foi repetida por diversas vezes. É um bolo fofinho, que preserva alguma humidade e aguenta bastante bem recheios, coberturas com chantilly e fruta, cremes, compotas, ganache...

Para a forma de coração fiz 1/3 da receita abaixo pois é uma forma pequena e muito baixinha tipo tarte. A última foto foi a do aniversário, para isso usem uma maior redonda ou até mesmo um tabuleiro, cortem e decorem a gosto.

O que precisamos?

- 450 g de farinha
- 420 g de açúcar
- 6 ovos à temperatura ambiente
- 200 ml de água a ferver
- 3 c. chá de fermento
- 1 c. chá baunilha em pó ou essência
 

20210214_024719.jpg

Como fazer?
 
1. Bater os ovos inteiros com o açúcar até obter um creme claro e espumoso, durante sensivelmente 5 a 10min.
 
2. Juntar a baunilha. Bater.
 
3. Em fio, aos poucos e muito de-va-ga-ri-nho, ir juntando a água sem nunca parar de bater. NUNCA MESMO NUNCA adicionar a água toda de repente de uma só vez. Vão obter ovos mexidos! A ideia é ir temperando gradualmente os ovos e não coze-los :)
 
4. Adicionar a farinha e o fermento peneirados. Envolver suavemente com a colher de pau.
 
5. Colocar numa forma já untada e polvilhada. Levar a forno pré-aquecido a 180° sensivelmente 25 a 30m. Vigiem para não secar muito.
 
6. Depois de frio, cortar, rechear ou cobrir a gosto. No caso do coração alternei fruta com chantilly.
 
7. Divirtam-se ;)
 

20210214_025802.jpg

13
Fev21

Quadrados de Cacau e Lichia

da Cozinha da Sofia

Adoro lichias! O seu sabor único e cheio de personalidade conquista-me a cada uma que como. Hei-de publicar uma receita muito especial que fiz há uns anos para um aniversário: é de sonho! Mas hoje ficamo-nos por um singelo bolo de cacau, não muito doce, feito num simples tabuleiro e onde resolvi mergulhar umas lichias incríveis.

O que precisamos?

- 1 lata de lichias em conserva

- 280g de farinha

- 200g de açúcar

- 3 c.chá de fermento

- 70g de cacau magro

- 6 ovos

- 1,5 dl leite morno

- 0,7 dl óleo vegetal + 0,3 dl calda de lichia

- 1 c. sobremesa essencia baunilha

- 1 cálice de licor de café

20210212_212253.jpg

20210212_212502.jpg

Como fazer?

1. Misturar os secos: farinha, açúcar, fermento e cacau.

2. À parte, bata os ovos e envolva-os nos ingredientes secos.

3. A esta massa junte, mexendo sempre entre cada um deles: o leite morno, o óleo e a calda, a essencia e o licor. Vai obter uma massa relativamente líquida. (Para ser mais fácil a medição: num copo medidor coloque o óleo e vá preenchendo, com a calda, até ter 1dl completo).

4. Unte um tabuleiro 20*30cm e forre com papel vegetal, deixando umas abas laterais para depois puxar o bolo. Verta a massa.

5. Suavemente, mergulhe as lichias. Deve ficar metade da lichia visível fora da massa. Sendo que a ideia é cortar o bolo em quadrados, queremos ter uma lichia por quadrado. Portanto disponham-nas com isso em mente... nem muito juntas nem muito separadas :)

6. Levar a forno pré-aquecido a 180° por 20/30m. Vigiem a partir dos 20m para o bolo não secar demasiado, pretende-se que preserve alguma humidade.

7. Pelas abas, retirar do tabuleiro e deixar arrefecer sobre uma grade. Quando morno, retirar o papel e transferir para a travessa.

8. Com um copo de leite... é tão bom :)

Fiz depois do jantar, no dia seguinte de manhã estava ainda melhor: textura e sabor mais ricos e intensos.

Nota: é importante o arrefecimento numa grade para que haja circulação de ar e se evite ao máximo a condensação de vapor na base. Durante anos ignorei este passo, mas fui aprendendo que há perda de textura (o crocante perde-se, fica mole e sem piada), assim como em certas receitas mais húmidas e se a temperatura ambiente for mais quente, rapidamente pode surgir bolor. Tudo agravado nos casos em que só se retira o papel vegetal depois de morno. Isto aplica-se a bolos, pão, biscoitos... mesmo que a receita não o mencione!

31
Jan21

Bolo de Natas

da Cozinha da Sofia

Este é um bolinho muito simples de se fazer e ainda mais rápido de se comer! Fica muiiiittttoooo fofinho e desfaz-se na boca como o algodão doce.

Vamos ao bolinho bom? :)

O que é preciso?

- 1 pacote de natas 200ml bem frias (usei Gresso)

- 3 ovos

- 250g açúcar

- 150g farinha + 1 c.sobremesa de fermento

- raspa de 1/2 limão ou laranja

Opcional: 1c.chá de essencia de baunilha, 1/4 cháv pepitas cacau cru

20210131_003919.jpg

Como fazer?

1. Ao açúcar, juntar a raspa, misturar bem para activar os óleos e reservar.

2. Bater as claras em castelo. Reservar. Atenção, as claras são SEMPRE batidas em primeiro lugar, com as varas limpas e sem gordura, caso contrário não sobem.

3. Bater as natas. Quando estiverem quase em chantilly ir adicionando o açúcar, batendo sempre.

4. Ao chantilly juntar as gemas e a essencia de baunilha (se a usar), bater novamente.

5. Juntar a farinha e o fermento peneirados e envolver calmamente com a vara de arames.

6. Envolver as claras em castelo em duas adições. Com calma! Não queremos retirar o ar da massa! Se usar pepitas, adicionar nesta fase.

7. Colocar numa forma untada e polvilhada. Usei uma de bolo inglês. Levar ao forno pré-aquecido a 180° durante 25-30m mas vão vigiando com o palito. Não se quer um bolo seco, é suposto ficar ultra fofinho com alguma humidade.

8. Com uma chávena de chocolate quente é.... tão bom :)

Apenas uma ressalva: a marca das natas ou outras que tais que refiro nos posts.

Regra geral uso marcas brancas. Quando refiro uma marca em concreto é porque já tive alguma má experiência no passado e, portanto, prefiro não voltar a correr o risco, mas como em tudo na vida, cada um usa o que tem e prefere. No caso das natas, em especial para bater e das muitas que já usei, a Agros está no top. Já consegui um chantilly super firme num dia de quase 40°... Na ausência destas, uso Gresso. De resto, para cozinhar ou usar sem bater, é-me totalmente indiferente. Em resumo o que acabará por distingui-las e ao resultado final será sempre o teor de gordura e a capacidade espessante. Se em algumas receitas é indiferente noutras pode ditar resultados menos satisfatórios.

Há uns anos atrás e depois de um stress resultante de 3 pacotes de natas (de marcas diferentes) em que nunca nenhum resultava em chantilly e portanto, bolo de aniversário à última da hora em puro SOS... fiz uma pesquisa que respondeu a muita coisa... fica o link se quiserem dar uma vista de olhos: 

https://www.iguaria.com/dicas/quais-as-melhores-natas-para-bater/

27
Jan21

Bolo de Chocolate da Sofia

da Cozinha da Sofia

Hoje é o Dia do Bolo de Chocolate! E cá está ele!

Não, juro que não fui eu que dei o nome ao bolo! E nem é por isso que ele aqui está. Mas sim porque é o eleito por aqui!

Descobri-o há muitos anos numa pesquisa na net (não sei onde!) Procurava um bolo de chocolate que não levasse óleo. E apareceu este! Posso dizer que se tornou "o" bolo de chocolate cá de casa. Aliás, a minha mãe que não acha grande piada a bolos de chocolate até hoje se lembra deste. "Aquele de há muitos anos" :) O que o destaca? É um bolo fofo e caseiro normalíssimo, mas assim que toca na boca... desfaz-se que nem mousse! É divino! 

Já passei esta receita várias vezes, nem sempre conseguiram o mesmo resultado, por isso recomendo que, tal como eu, sigam à risca a receita e atenção aos timmings descritos. Quanto aos ingredientes, é importante que não sejam natas light, por isso atenção ao teor de gordura - é o que ajudará na humidade. Para este bolo sempre usei o chocolate em pó da Nestlé, aquele da lata vermelha para fazer chocolate quente. Se não o tiver, uso da Pantagruel. Nada quanto a marcas, apenas porque resultaram bastante bem e não sei se o resultado se mantém alterando.

O que precisamos?

- 125g farinha de trigo com fermento

- 125g chocolate em pó

- 250g açúcar

- 6 ovos

- 1 pct de natas (200ml) 35% gordura

FB_IMG_1611761681612.jpg

Como fazer?

1. Bater o açúcar com as 6 gemas, até obter um creme claro e fofo.
2. Juntar a farinha peneirada (ajuda a incorporar ar) e o chocolate.

3. Bater por 5 minutos.

4. Adicionar o pacote de natas e bater mais 10 minutos.

5. Envolver na massa, sem bater e com muito cuidado, as claras já em castelo.

6. Untar e polvilhar uma forma de buraco, colocar a massa e levar ao forno pré aquecido a 150ºc durante 50 min. Vão vigiando com o palito. Prentende-se que coza mantendo alguma humidade sem que seque em demasia.

7. Depois de frio, polvilhar com açúcar em pó ou colocar cobertura de chocolate negro. Sem nada também é excelente!

8. Saborear cal-ma-men-te :)

Sugestão: se gostarem da combinação chocolate/ laranja, experimentem adicionar à massa umas raspas ou 2 a 3 c.sopa de licor de laranja... eleva a coisa a outro nível ;)

Cobertura opcional: derreter uma tablete de chocolate negro (uso 70%) com 60g de manteiga, 50g açúcar e umas gotas de leite até obter uma calda homogénea e brilhante.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me no instagram

Entregas em Almada e Seixal, outras zonas sob consulta.

Preços, informações, sugestões, pedidos... contacte!

Mensagens

Posts destacados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub