Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

30
Mar24

Tigelada Beirã - a receita da minha avó

da Cozinha da Sofia

Dia de Páscoa era dia de festa e o fogão a lenha bem cedo era aceso. A par com a carne de algum borrego ou cabrito do rebanho (carne da qual nunca fui grande fã...) eram feitas duas iguarias doces. O arroz doce e  tigelada! Os ovos eram batidos com uma vara de arames, daquelas antigas em espiral. É maravilhoso relembrar aquele tempo.

Para que as memórias não se percam e outras pessoas possam provar este doce que ainda hoje se vende por lá nas pastelarias, aqui fica a receita. 

O que é preciso?

- 10 ovos (usei M)

- 10 c.sopa açúcar* (1 por cada ovo, mas roubo sempre 2, coloquei 8)

- 1l leite meio gordo

- raspa de limão ou laranja qb (opcional) - podem por a casca inteira e antes de ir ao forno retirar

Como fazer?

1. Bater os ovos (com a batedeira), juntar o açúcar e continuar a bater  até não haver cristais de açúcar. 

2. Juntar o leite, em duas adições, a raspa e bater para misturar bem.

3. Deixar repousar por uns minutos para que a espuma desapareça quase toda.

4. Mexer ligeiramente com uma colher para evitar algum depósito de açúcar no fundo da taça e distribuir por caçarolas de barro. Levar a forno pré-aquecido a 200°C por 20min. Reduzir para 180°C e deixar cozer. Sensivelmente mais 10/15min. Pretende-se uma textura semelhante à do pudim mas com muitos furinhos.

5. Retirar, deixar arrefecer e reservar no frigorífico até servir.

Notas: A crosta preta não significa que a tigelada está queimada! É mesmo assim! "Descasca-se" ao servir. 

- A tigelada não se desenforma! Retira-se uma fatia ou colherada directamente da caçarola. No fundo da tigelada deverá ter-se formado um pouco de líquido doce.

- A tigelada não precisa de banho-maria. Para facilitar o processo com o forno e evitar salpicos doces ponho as caçarolas dentro de um tabuleiro de alumínio - é mais fácil de manusear😉

- Encontram estes tachos/ caçarolas em lojas de barros e nas feiras tradicionais. Se não tiverem, qualquer recipiente de barro com mínino de 4 a 5 dedos de altura serve. Em última análise, um pirex também funciona.

* Se preferirem uma tigelada mais docinha mantenham as 10 c.sopa de açúcar!😉

20240330_135602.jpg

20210819_151331.jpg

20240330_135522.jpg

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me no instagram

Entregas em Almada e Seixal, outras zonas sob consulta.

Preços, informações, sugestões, pedidos... contacte!

Mensagens

Posts destacados

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub