Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

01
Mai21

Bolo de Limão

da Cozinha da Sofia

Adoro sabores fortes e intensos. Sou assumidamente uma apaixonada por sabores cítricos. Este bolo de limão do Marco Costa é muito simples de fazer, aguenta bastante bem se feito na véspera para consumo porterior e tem um sabor incrível. É muito provavel que se torno n´O bolo de limão cá de casa 

O que precisamos?

Para o bolo

- 2 limões

- 4 ovos

- 200g de manteiga

- 225g açúcar

- 1 pitada de sal

- 220g de farinha c/ fermento

- 2 c.chá de fermento

Para a cobertura:

- 2 limões + 250g de açúcar em pó (fiz metade desta cobertura e chegou perfeitamente)

20210501_102359.jpgComo fazer?

1. Untar e polvilhar com farinha uma forma de bolo inglês. Derreter a manteiga. Reservar.

2. Numa tigela colocar o açúcar e a raspa de limão. Com os dedos ou com as costas da colher de pau, "esfregar" o açúcar com a raspa para que se libertem os óleos e o aroma seja mais intenso.

3. Adicionar os ovos um a um, batendo muito bem com a batedeira até obter um creme branco e volumoso. Juntar a pitada de sal.

4. Suavemente, envolva a farinha e o fermento.

5. Por último, adicionar o sumo de limão e a manteiga, garantindo que fica bem misturado.

6. Verter na forma de bolo inglês e levar ao forno, sensivelmente 30 a 40min a 180ºC.

7. Para a cobertura, raspar os limões. Retirar o sumo.

8. Ao sumo misturar o açúcar em pó até obter uma pasta branca (sem grumos!).

9. Ao retirar o bolo do forno, desenformar e espalhar o glacé por cima do bolo ainda quente, deixando-o cair naturalmente. Polvilhar com as raspas de limão.

10. Di-vi-nal 

20210501_102143.jpg

02
Nov20

Se a vida te dá limões... conserva-os!

da Cozinha da Sofia

Cresci sem muita fartura, mas sempre houve comida na mesa e felizmente nunca se passou fome. Sempre vi quer a minha mãe quer a minha avó a reaproveitarem tudo, transformarem sobras em refeições muitas vezes mais criativas e deliciosas que as primeiras. Na altura não se falava em sustentabilidade. Poupar era (e é!) a ideia principal.

Com base nisso vou começar a partilhar por aqui alguns truques simples que ajudam na poupança da carteira, mas também da nossa casa - o planeta. Muitas ideias são simples e básicas. No geral quando as lemos o nosso pensamento passa muito pelo "como é que não me ocorreu isto antes?". Não importa! O que interessa é começar, desde já, a ser sustentável. Numa altura em que passamos mais tempo em casa, temos uma excelente oportunidade de marcar a diferença. Repensar estilos de vida, hábitos enraizados, rotinas instituidas. 

20201102_194458.jpg

Estamos numa época em que os citrinos começam a abundar. É importante conservá-los e minimizar ao máximo o desperdício alimentar.

Cá em casa usa-se muito limão. Adoro limão e quando era miúda tinha o hábito de os surripiar à minha mãe :) Comia gomo a gomo de-va-ga-ri-nhoooo perante o ar incrédulo de quem me via a fazer aquilo! Hoje já não faço isso (pelo menos regularmente!) mas nada como a frescura de um energizante aroma cítrico. Chás, infusões, bolos, pães, molhos, conservas (ainda hei-de testar isto!), bebidas, gelados. Um simples pote de açúcar (ou sal!) com umas cascas de limão transforma-se num açúcar personalizado e aromatizado com intensidade ao nosso gosto e a custo zero! A lista de ideias culinárias é imensa! 

Também para limpar, abrilhantar e desinfectar o limão é um excelente aliado. 

E que tal um centro de mesa com limões em rama? Fica lindo e é ambientador grátis! Ou dentro de um jarro de água com velas flutuantes?

Mas e quando mesmo assim sobram limões? É possível congelar. Pode ser inteiro e ir ralando à medida do que precisamos - dará um twist mais intenso. Em pedaços. Congelar o sumo pronto a usar em limonadas.

Precisamos de sumo de limão, mas não da casca? Retiramo-la e congelamos. Tenho sempre no congelador uma caixa com as cascas de limões. Podem ser usadas para chás, águas aromatizadas, smoothies, bolos... Aconselho a congelação das cascas em pedaços e não ralada. Torna-se mais prática a posterior utilização. Aquando do seu uso, trituradas ou não, preservam o seu aroma. O único cuidado a ter é lavar muito bem para eliminar quaisquer vestígios de ceras abrilhantadoras e retirar apenas a zest (parte amarela) descartando a branca que é mais amarga, fibrosa e sem interesse aromático.

Se cozinhámos algo de odor intenso, deixar fervilhar em lume brando um pouco de água com cascas de limão (ou laranja!) vai deixar no ar um agradável aroma.

À excepção das limpezas, estas sugestões são aplicáveis a outros citrinos como a laranja ou a lima.

Um passo de cada vez marca pela diferença. E não custa assim tanto pois não?

Estas duas últimas imagens são do Pinterest. Usem a imaginação, inspirem-se por lá!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me no instagram

Entregas em Almada e Seixal, outras zonas sob consulta.

Preços, informações, sugestões, pedidos... contacte!

Mensagens

Posts destacados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub