Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

da Cozinha da Sofia

Um blog de doces, memórias e colheradas de sabor. Para adoçar a boca e a vida!

04
Jul22

Salmão grelhado com molho de nêsperas e salva

da Cozinha da Sofia

Umas nêsperas prestes a ír pelo caminho do mal juntaram-se a umas postas de salmão e saiu um jantar diferente mas bastante apreciado por aqui. Como acompanhamento um arroz branco simples. Em minutos, tudo despachado 

O que é preciso para o salmão?

- 2 postas de salmão (usei do congelado)

- vinho branco, sal e 4 folhas de salva

Como fazer:

1. Temperar o peixe com sal de ambos os lados, regar com uns golinhos de vinho branco e colocar uma folha de salva de cada lado da posta. Deixar a marinar durante 20 a 30min.

-> Entretanto pode dar andamento ao arroz branco simples para acompanhamento.

2. Aquecer uma chapa e colocar o salmão a grelhar, mantendo as folhas de salva.

 

O que é preciso para o molho?

- 6 a 7 nêsperas maduras

- 1 c. sopa de manteiga

- 2 c. chá de açúcar amarelo (para equilibrar a acidez)

- 2 a 3 folhas de salva

- vinagre balsâmico branco

Como fazer?

1. Lavar, descascar e descaroçar as nêsperas. Cortar em gomos ou quartos.

2. Numa frigideira pequena anti-aderente (usei a do ovo estrelado) colocar a manteiga, assim que derreter adicionar as nêsperas e a salva e deixar cozinhar em lume brando, mexendo de vez em quando, para libertar os sucos.

3. Assim que as nêsperas estiverem macias, juntar um splash de vinagre balsâmico branco. Deixar fervilhar, sempre em lume brando.

4. Por fim, salpicar com o açúcar e deixar apurar.

5. Antes de servir, descolar as folhas de salva do peixe e colocar o salmão grelhado sobre umas colheres de arroz. Distribuir as nêsperas por cima de cada uma das postas e regar com o molho.

Bom apetite!

20220703_222332.jpg

20220703_222410.jpg

20220703_222231.jpg

03
Jul22

Figos com queijo creme e nozes

da Cozinha da Sofia

Ok ok quem me conhece sabe que eu e queijo não somos os melhores amigos, à excepção daqueles quase sem sabor (mozzarela, mascarpone, flamengo) e estranhamente o completo oposto, o feta! 😅

Esta entrada ou snack, pode ser feita com o queijo que preferirem ou até com iogurte grego. É muito versátil. O recheio pode levar ervas aromáticas ou frutos secos picados. E é ultra rápida!

O que é preciso?

- figos, usei pingo de mel

- queijo creme, iogurte grego ou outro recheio a gosto

- nozes e mel qb

Como fazer?

1. Lavar os figos. Cortar o píncaro e retirar "uma moeda" na base. Só o suficiente para que se mantenham direitos.

2. Com a faca bem afiada, cortar o figo em quatro, não chegado com a lamina ao fundo. Apenas o suficiente para que abra em flor.

3. Com uma colher de chá preencher o interior com o recheio escolhido.

4. No topo colocar a noz.

5. Regar com um fio de mel e servir.

20220625_143642.jpg

20220625_143705.jpg

03
Jul22

Framboesoska

da Cozinha da Sofia

Eu, amante de framboesas de toda a maneira e feitio, olhei para a típica morangoska e pensei "por que não fazer isto com framboesas?". Já deve existir, tal como tudo nesta vida, mas por aqui foi novidade e... aprovadíssima!

O que é preciso?

- framboesas frescas ou congeladas

- açúcar amarelo

- água com gás

- vodka branca

- gelo

Como fazer?

1. Esmagar as framboesas com o açúcar até obter uma espécie de xarope.

2. Verter o líquido anterior no copo  já com o gelo e adicionar uns golinhos de água com gás. Rodar ligeiramente o copo apenas para envolver tudo. Mas com cuidado para não perder todo o gás.

3. Juntar vodka branca a gosto e decorar com a framboesa inteira e hortelã (usei da de chocolate).

Nota: todas as quantidades foram a olhómetro! Adaptar ao gosto pessoal e ao número de copos a preparar.

20220625_234401.jpg

20220625_234325.jpg

22
Jun22

Lombinho de porco com cogumelos e molho teriyaki

da Cozinha da Sofia

Num dia mais cinzento deste Verão envergonhado, em que apetece a conhecida comida de conforto, prática e rápida, saem estes medalhões de lombinho de porco com uma mistura de cogumelos. Adoro! Ficam super suculentos e saborosos. Preparam-se num instante e comem-se com vagar.

O que é preciso?

- medalhões de lombinho de porco

- 1 embalagem de mistura de cogumelos (usei GelCampo)

- 1 cebola, 2 dentes de alho

- 1 tomate

- 1 folha de louro, azeite, sal, pimenta, vinho branco qb e 1 pitada de colorau

- molho teriyaki qb (opcional, mas faz diferença na densidade e sabor do molho)

Acompanhamento: arroz branco simples

Como fazer? 

1. Numa caçarola colocar um fio de azeite, a cebola em meias luas, o alho bem picado, a folha de louro e levar ao lume. Quando a cebola começar a amolecer colocar o tomate em pedacinhos e sobrepor a carne. Tapar e deixar cozinhar em lume muito brando.

2. Quando a carne estiver a meio ponto, refrescar com vinho branco e temperar com sal, pimenta e a pitada de colorau. Juntar a mistura de cogumelos, tapar e deixar cozinhar.

3. No fim, juntar o molho teriyaki a gosto e, se o guisado tiver pouco líquido, juntar apenas uns golinhos de água e rectificar os temperos. Deixar levantar fervura. 

4. Servir por cima de um arroz branco simples.

20220616_144947.jpg

17
Jun22

Migas rápidas de couve e feijão

da Cozinha da Sofia

Estas migas são uma das minhas formas favoritas de acompanhar grelhados ou até mesmo para comer simples como refeição principal. Com um ovo escalfado por cima também resultam muito bem 

O que é preciso?

- couve galega (de caldo verde)

- 2 dentes de alho, 1 folha de louro, sal fino e azeite qb.

- broa de milho qb

- feijão cozido (usei do vermelho, mas pode ser outro a gosto)

Opcional: chouriço de carne picante (não usei) - colocar menos azeite pois o chouriço vai libertar gordura

Como fazer?

1. Numa frigideira colocar o azeite, o louro e o alho bem picadinho. Se usar o chouriço, juntar nesta fase, aos cubinhos. Quando o azeite estiver a fervilhar juntar a couve e deixar saltear, mexendo para envolver o tempero e não queimar. Temperar com sal fino.

2. Juntar o feijão, envolver.

3. Retirar as folhas de louro e envolver a broa de milho a gosto entretanto já esfarelada.

4. Servir como acompanhamento de grelhados, como prato principal ou com ovo escalfado por cima.

Sugestão: numa frigideira, tostar alguma broa de milho já esfarelada e polvilhar as migas antes de servir. Dá uma textura crocante muito agradável.

20220616_213954.jpg

17
Jun22

Batido de alperce e banana

da Cozinha da Sofia

Tento variar os pequenos-almoços, sobretudo no verão em que apetecem alimentos mais frescos. Os batidos e os smoothies acabam por ser das opções mais usadas e vou usando o que tenho por casa, alterando as combinações de frutos e legumes.

Neste batido usei:

- 1 banana

- 6 alperces rosados

- 1 raminho de mangericão

- leite magro fresco (pode ser bebida vegetal)

- canela qb

Colocar todos os ingredientes na liquidificadora, triturar até estar bem suave. Servir num copo com uma ou duas pedras de gelo e polvilhar com canela. Consumir de imediato.

20220613_081317.jpg

14
Jun22

Caldo verde com chouriço crocante

da Cozinha da Sofia

Em semana de Santos o tipicamente português caldo verde é uma referência incontornável. Tal como o arroz doce, existem várias formas de o confeccionar. Mais ou menos tradicionais, com mais ou menos batata (ou até nenhuma e com a courgete a substituir), todas as opções são válidas e, acredito, bastante saborosas.

Cá em casa o caldo verde é feito tradicionamente, o que difere é o uso do chouriço. Confesso que não acho muita piada a ter uma sopa inteira com sabor a enchido. Além do que, deixa de ser opcional saboreá-lo. Portanto, lembrei de uma forma muito simples de contornar a coisa e, pessoalmente, penso que a sopa fica muito mais saborosa e cheia de textura.

Imediatamente antes de servir o caldo verde:

- Levar uma frigideira a lume médio e, sem qualquer gordura, dispor algumas rodelas de chouriço, sem sobrepor. A gordura que o próprio enchido liberta basta. Convém ir vigiando e virando para não deixar queimar. Pretende-se que toste e crie uma camada crocante de ambos os lados.

Depois de colocar o caldo verde na tigela (ou malga ),  dispor as rodelas de chouriço em quantidade a gosto, com cuidado para que se mantenham à superfície.

Uso sempre o chouriço de carne picante Quinta de Jugais, Serra da Estrela.

20220611_132834.jpg

13
Jun22

Salada de Pimento com o tempero cá de casa

da Cozinha da Sofia

Salada de pimento e sardinha assada são simbolos dos santos, do verão, do calor, do convívio. 

Até ao ano passado sempre tinha comido esta salada temperada com os típicos azeite/ vinagre/ sal. 

Um dia provei assim num restaurante e desde então adoptei cá em casa. Este post não é, portanto, uma receita propriamente dita mas sim uma sugestão de tempero. Pessoalmente, considero-a muito mais cheia de sabor.

À salada de pimento assado juntar alho muito bem picado, coentros picados, sal, azeite e vinagre normal ou balsâmico - uso de cidra. Envolver tudo muito bem e saborear com sardinha assada.

(Gosto de usar pimentos vermelhos e verdes, parecem "matizados". Grelhei tudo na chapa por isso as sardinhas nunca ficam tão bonitas como na brasa... mas são maravilhosas na mesma 😉).

20220610_151758.jpg

12
Jun22

Sangria de quivi e Pisang Ambon

da Cozinha da Sofia

Nestes dias quentes sabe sempre bem a frescura de uma sangria. E por que não fugir à típica branca/ tinta e optar uma bem verde? É óptima num lanche, marca pela diferença e é tão refrescante! Bora lá? 😉

O que é preciso?

- 2 quivis 

- 2 maçãs verdes médias

- 2 dl de sumo de laranja natural

- 2 dl de Pisang Ambon

- 0.750ml gasosa (usei 7up free)

- açúcar amarelo (opcional)

- gelo e folhas de hortelã (usei hortelã-chocolate)

Como fazer?

1. Lavar e cortar a maçã em cubinhos - deixei a casca. Se não usar maçãs verdes, descasque.

2. Descascar e cortar os kiwis em cubinhos.

3. Num jarro que deve estar já gelado (colocar no frio uns 30min antes de usar), colocar a fruta, a hortelã, o sumo de laranja e, por fim, o gelo. Mexer.

4. Juntar o Pisang Ambon e de seguida a gasosa. Prove e, se achar necessário, adoce com açúcar amarelo.

5. Saborear com vagar 😊

Nota: todas as quantidades são adaptáveis ao gosto pessoal.

20220611_231346.jpg

10
Jun22

Waffles rápidas com coulis de morango

da Cozinha da Sofia

Hoje, dia de Portugal, nada como um pequeno almoço que se prepara rapidamente mas que se deve saborear com o vagar que o feriado impõe.

As waffles rápidas do Pitada do Pai fazem-se num instante e o coulis express de morango dá-lhes o topping de doçura que se quer num dia de preguiça.

O que é preciso para as waffles?

- 2 ovos

- 140g farinha de aveia

- 1c. café de fermento

- 100ml de leite ou bebida vegetal

- 1 pitada canela (opcional)

Como fazer?

1. Colocar todos os ingredientes no copo da varinha mágica e triturar.

2. Aquecer bem a máquina, colocar a massa, fechar e deixar dourar.

O que é preciso para o coulis?

- morangos frescos qb

- 1 c. sobremesa de açúcar (adaptavel a gosto)

- 2 c. sopa água (adaptavel)

Como fazer?

1. Lavar e cortar os morangos em pedacinhos pequeninos. Colocar numa caçarola com o açúcar e a água. Levar ao lume mínimo, mexendo de vez em quando.

2. Quando os morangos tiverem libertado o molho e estiverem quase desfeitos, está pronto.

Nota: não colocar demasiada água. O resultado final deve ficar semelhante a um xarope. Se estiver demasiado líquido deixar ferver, em lume mínimo, até evaporar o excesso.

20220610_074737.jpg

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me no instagram

Entregas em Almada e Seixal, outras zonas sob consulta.

Preços, informações, sugestões, pedidos... contacte!

Mensagens

Posts destacados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub